quarta-feira, 20 de abril de 2011

Pra que essa boca tão grande...?


700 anos separam a fábula da versão cinematográfica que chega aos cinemas nesta sexta. 'A garota da capa vermelha', dirigido por Catherine Hardwicke (diretora de ‘Crepúsculo’)
Sobra muito pouco da Chapeuzinho Vermelho que todo mundo conhece. Só a capa do título.
No filme a ingênua mocinha é Valerie uma jovem taludinha com tudo em cima vivida pela graciosa Amanda Seyfrid. Valerie transita entre o amor de dois gatos: o lenhador durango Peter (Shiloh Fernadez), por quem é apaixonada, e o bem de vida Henry (Max Irons), a quem seus pais a haviam prometido em casamento
Na aldeia onde vive um lobisomem aterroriza seus moradores. Sai comendo todo mundo, menos ela. Então, chega à vila o padre Solomon, especialista em combate a feras. Só que os tiros e flechadas saem pela culatra e quem dança é ele.
A destemida Valerie resolve descobrir o mistério que se esconde atrás da fera e vai levar um papo com a vovó (Julie Christie, que já deixou muito marmanjo babando). Nesse diálogo está o melhor do filme.
Catherine Hardwicke poderia ter ido mais longe com sua versão. Investir em mais situações de humor daria um tom mais interessante ao filme, Mas a aposta foi seguir o filão de ‘Crepúsculo’,o que é uma furada.