terça-feira, 17 de maio de 2011

Piratas e sereias.

“Piratas do Caribe – navegando em águas misteriosas”

Um fim de semana blockbuster: chega aos cinemas o quarto filme da franquia das aventuras do pirata Jack Sparrow.
Em “Piratas do Caribe – navegando em águas perigosas”, dirigido por Rob Marshall (de Chicago e Nine), Sparrow (Johnny Depp) está empenhado em encontrar a fonte da juventude, mas para isso terá que enfrentar o temível Barba Negra (Ian McShane), o capitão Barbossa (Geoffrey Rush), um amor do passado - Angelica (Penélope Cruz), um grupo de sereias de tirar o fôlego e mais algumas coisas.
Uma aventura estilo Indiana Jones dos mares, onde se luta até por um par de cálices para alcançar a tal fonte. Furacões que se apossam de corpos, transfigurando-os, estão lá numa citação ao filme “Em busca do cálice sagrado”.
Ao contrario dos anteriores, “Navegando em águas misteriosas” apresenta uma história mais linear, evitando narrativas confusas e personagens em demasia. Portanto, quem não viu nada dos Piratas vai se encantar com este que traz um plus da moda: foi todo filmado em 3D.
Com um custo de produção de U$ 200 milhões (a série faturou até hoje U$ 2,7 bilhões), tudo indica que virá um quinto filme por aí. Enquanto não chega é uma maravilha se deliciar com tiradas impagáveis como esta do Capitão Tigue (Keith Richards) num papo com Sparrow, seu filho:
- Pela minha cara dá pra ver que não encontrei a fonte da juventude.