quarta-feira, 8 de agosto de 2012

"Viver é desenhar sem borracha"


A frase acima de Millôr Fernandes é uma das que ilustram o longa "À beira do caminho" de Breno Silveira.
Elas estão em para-choques de caminhões que cruzam as estradas percorridas por João, personagem do ator João Miguel. Associadas a elas, as canções de Roberto Carlos embalam a história de um sujeito que guarda alguma coisa do passado e tenta fugir dele o tempo todo. Até que cruza com Duda (Vinicius Nascimento, uma grata descoberta), um menino que procura resgatar seu passado para construir um futuro possível e embarca na viagem de João,que de início rejeita o menino, mas vai se se tornando próximo durante a viagem.
Se você é fã de Roberto e se emocionou com o filme de estreia de Breno, "2 filhos de Francisco", certamente vai gostar deste e se emocionar outra vez.
Veja o trailer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário